CTeSP – Informática de Gestão – Lisboa 2018-07-05T12:07:34+00:00

CTeSP

Informática de Gestão

Horário | Duração

Diurno | Pós-Laboral

2 anos – 4 semestres – 120 ECTs

Apresentação

O/A Técnico/a Superior Profissional em Informática de Gestão está apto a manipular, editar e analisar informação, atuar com rigor cientifico, tecnológico e com capacidade de gestão operacional, tática e estratégica, em matérias como análise, concepção, modelação, produção, operação e manutenção de aplicativos informáticos, redes de informática em organizações, ferramentas de suporte à decisão e aplicativos informáticos para gestão empresarial. Este técnico superior profissional, terá capacidade para trabalhar adequadamente com o software de gestão que as principais empresas utilizam, nomeadamente, Primavera Software, 

Saídas Profissionais

  • Contribuir para o desenho, desenvolvimento, gestão e atualização permanente do sistema de informação das organizações;
  • Gerir e implementar ferramentas informáticas de apoio às áreas de gestão operacional, tática e estratégica, bem como proceder à análise e interpretação de dados que apoie o processo de tomada de decisão;
  • Desenvolver aplicações para as áreas funcionais da organização, nomeadamente: gestão de recursos humanos, gestão económica, financeira e de tesouraria, gestão de stocks e aprovisionamento, marketing, etc;
  • Planear, desenhar e gerir bases de dados empresariais;
  • Desenvolver, instalar e manter servidores, páginas e sistemas de informação nas tecnologias Web;
  • Desenvolver, distribuir, instalar e efectuar a manutenção de aplicações informáticas, utilizando ambientes e linguagens de programação orientadas a objectos
  • Participar no projeto de um ambiente de trabalho seguro para redes empresariais;
  • Aplicar os princípios e as técnicas fundamentais da gestão de projetos;
  • Participar no projeto de um ambiente de trabalho que cumpra os requisitos legais da higiene e segurança;

Destinatários

  • Os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente
  • Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas, para o curso em causa, nos termos do Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março.
  • Podem igualmente candidatar-se ao acesso aos cursos técnicos superiores profissionais os titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior, que pretendam a sua requalificação profissional

Parceiros

Regulamentos

  • Regulamento das Condições de Ingresso dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais
  • Regulamento das Provas Especialmente Adequadas a Avaliar a Capacidade para Frequência dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais
  • Regulamento dos referenciais da prova de avaliação de capacidade

Propina

por mês

Durante 24 meses